logo

Telefone: (11) 3024-9500

Medellín: arquitetura, paz e solidariedade na Colômbia | Qual Viagem Logo

DOWNTOWN MEDELLIN, COLOMBIA - September 20 2013 - Local people walking around downtown Medellin in Colombia, South America.

Medellín: arquitetura, paz e solidariedade na Colômbia

3 de janeiro de 2017

Essa bela cidade da Colômbia que já era uma referência arquitetônica e social, tem agora na solidariedade de seu povo mais um motivo para ser visitada por turistas de todo o mundo. Medellín é a capital do departamento de Antioquia. Considerada a segunda cidade mais importante da Colômbia, foi por muito tempo a capital mundial do crime e do tráfico de drogas. Por longo tempo olhamos Medellín como uma cidade de história atribulada pelo poder do cartel e dos terroristas que ali se instalaram.

No entanto, a cidade tornou-se modelo de recuperação social e urbanística em menos de uma década, isso graças a um conjunto de sucessivos governos que se dedicaram às questões sociais, um investimento altamente profissional na educação e projetos interessantes no quesito de obras socialmente importantes.

Medellin, Colombia - March 11, 2015: Aerial view of Medellin at night with residential and office buildings.

Foto por iStock / piccaya

Foi a própria sociedade de Medellín que germinou a salvação da cidade. Um pequeno grupo de sonhadores teve à frente Sergio Fajardo, professor de matemática que em 2004 elegeu-se prefeito da cidade. Fajardo estava convicto de que somente um programa de grandes proporções de educação e cultura poderia construir a igualdade social e, com isso, retomar o que a população mais almejava: segurança e apoio social.

A inclusão social começou com investimentos pesados em modernos e bem planejados centros culturais, bibliotecas e escolas. Todos com projetos de renomados arquitetos colombianos, e com desenho de vanguarda. O resultado não poderia ter sido melhor. Os locais, a princípio destinados somente aos estudantes, começaram a ser procurados por milhares de pessoas que, sem oportunidades de lazer, utilizavam as dependências desses locais como pontos de encontro e salas de visita.

A cidade nunca esteve tão em alta como agora. Quem chega hoje a Medellín tem extenso programa cultural a escolher, entre festivais de música, de dança e de teatro, feiras de arte e de livros, além de exposições com o diversificado e colorido artesanato colombiano.

Statue's in the Botero Square, Medellin, Colombia

Foto por iStock / jtinjaca

Uma caminhada pelo centro histórico é a melhor maneira de conhecer a cidade de perto. Chama nossa atenção a limpeza dos parques e praças públicas. Para homenagear um de seus filhos mais ilustres, foi restaurada a Praça Botero, ornamentada com 25 gigantescas esculturas em bronze. O artista Fernando Botero, cuja característica artística é os personagens gordinhos e rechonchudos, é tido como um dos expoentes máximos da arte colombiana e mundial. Está vivo e ainda realiza obras com temáticas modernas e coloridas.

É possível visitar os bairros mais altos de Medellín em um circuito de Metrocable (teleférico). Os acessos às estações são adornados por grafites coloridos nos muros das casinhas. Do alto se tem uma bela visão da cidade rodeada de montanhas. Outra atração interessante é o Jardim Botânico, onde se destaca o Orquideorama, com permanente exposição de orquídeas, flor símbolo da Colômbia. Além de toda essa verdadeira virada cultural, Medellín é cada vez mais notícia por seus bares, e pelas badaladas frequentadas por turistas, celebridades e jovens de todos os perfis.

View of cable car high above Medellin, Colombia

Foto por iStock / DC_Colombia

Recentemente a cidade ganhou mais notoriedade em função das homenagens prestadas pela população local ao time brasileiro da Chapecoense, depois do acidente que vitimou 71 pessoas entre jogadores, jornalistas, profissionais da comissão técnica da equipe de futebol de Santa Catarina. Os torcedores do Atlético Nacional, os governantes, a população local e as forças armadas deram um show de solidariedade e provaram que só é solidário de verdade quem já sofreu na pele a forte dor da violência e do sofrimento. Por essa e por outras recomendo visitarem essa terra mágica que conseguiu virar o jogo. Antes: violenta, suja e perigosa. Hoje: humana, segura, turística e aberta ao mundo.

Como chegar

Para ir de São Paulo a Medellín, é preciso fazer um voo com uma escala, por companhias como a Avianca, Copa Airlines ou Latam.

Onde ficar

Hotel Poblado Plaza

NH Collection Royal Medellin

Ibis Medellin

Texto por: Cláudio Lacerda Oliva

Foto destaque por: iStock / leonardospencer

Comentários