logo

Telefone: (11) 3024-9500

Liechtenstein: um tesouro escondido na Europa | Qual Viagem Logo

Landscape view on Balzers village with saint Nicholas church in Liechtenstein

Liechtenstein: um tesouro escondido na Europa

18 de julho de 2018

O pequenino país que está localizado entre a Suíça e a Áustria pode passar despercebido por muitos turistas, mas é um local totalmente digno de atenção.

Com menos de 40 mil habitantes, Liechtenstein possui quase 300 anos de história. Cheia de atrativos, oferece um rico centro histórico, casinhas bem adornadas, muitas árvores, alpes e uma gastronomia única.

Em meio as colinas, a cerca de 70 metros altura, fica o Castelo de Gutenberg, no sul do país, na região de Balzers. A construção medieval era originalmente uma igreja com um cemitério, porém foi arruinada diversas vezes até ser reconstruída em meados do século XX.

Foto via iStock/ RossHelen

Foto via iStock/ RossHelen

A capela e o jardim de rosas do castelo ficam abertos para visita diariamente, a partir das 10h até 19h. Durante o verão, diversas programações e atividades são oferecidas.

A trilha histórica de Bendern para Schellenberg leva o visitante através da floresta silenciosa, passando por lugares pré-históricos – sinalizados por placas ao longo do percurso – e oferece belas vistas do Vale do Reno, das montanhas do Rätikon, o Alviergruppe e o Alpstein.

Foto via iStock/ nikpal

Foto via iStock/ nikpal

A histórica trilha da montanha pode ser completada por meio de diversas rotas, é só o turista escolher a mais adequada em níveis de dificuldade.

Em Sareis, a cerca de 2 mil metros de altitude, no Vale do Malbun, está o terraço de observação de Sareiserjoch. É o melhor lugar para apreciar a vista das montanhas de Liechtenstein.

Foto via iStock/ michalz86

Foto via iStock/ michalz86

No inverno, as encostas ficam cheias de neve e muitas pessoas praticam esqui. Além disso, tem um restaurante de montanha que oferece o melhor da gastronomia local.

O Museu Nacional de Liechtenstein foi, em tempos antigos, uma importante taverna, estação alfandegária e sede do governo. Entre os anos de 1998 a 2003, o edifício foi reconstruído e fornecido com uma extensão para a encosta do castelo. O museu abriga grande parte da história natural do país e possui excursões guiadas em inglês.

Situado na capital de Liechtenstein, o Castelo Vaduz é o marco da cidade. A construção que data do século XII foi um dos primeiros edifícios a ser construído no local.

Foto via iStock/ yuelan

Foto via iStock/ yuelan

Em 1939, o lugar se tornou oficialmente a casa da família real de Liechtenstein, sendo até hoje a residência permanente. Apesar das visitas não serem permitidas, os guias turísticos de Vaduz dão muitas informações e explicam bastante sobre a história do castelo e casa principesca.

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock/ RossHelen

Comentários