logo

Telefone: (11) 3024-9500

Hanok Village preserva a origem da cultura coreana em Jeonju | Qual Viagem Logo

pungnammun Traditional Korean Gate in Jeonju Hanok Village, Jeonju, Jeollabukdo, South Korea

Hanok Village preserva a origem da cultura coreana em Jeonju

23 de abril de 2019

Viajar permite conexões com diferentes culturas e conhecer locais, costumes e tradições faz com que a experiência seja ainda melhor. Com uma história surpreendente, gastronomia singular e paisagens peculiares, a Coréia do Sul vem ganhando cada vez mais destaque entre destinos turísticos na Ásia. Seul, Busan e Ilha Jeju são algumas das principais opções procuradas pelos visitantes, mas um pequenino vilarejo tem chamado a atenção de turistas.

Jeonju é a cidade mais cultural e tradicional da Coréia do Sul. A fama da região, no entanto, é atribuída a Hanok Village. Marcadas pelo estilo único, as tradicionais casas coreanas foram idealizadas durante a dinastia Joseon e eram construídas de modo que seu interior e o posicionamento com o exterior estivessem de acordo com a região e as estações do ano. Também eram edificadas com cavilhas de madeira, sem a utilização de pregos e ainda precisavam estar em uma localização privilegiada, com uma montanha atrás e um rio na frente, principio denominado de ‘baesanimsu’, para que o povo conseguisse suportar o inverno rigoroso e ainda pudesse deixar o ambiente fresco.

Foto via iStock por Im Yeongsik

Foto via iStock por Im Yeongsik

No final dos anos 60, as típicas casas coreanas começaram a mudar devido as influências ocidentais. No entanto, locais como Jeonju, Bukchon e Namsangol ainda preservam essa parte da cultura. Jeonju concentra a maior parte de hanok doméstico do país, que atraiu cerca de 11 milhões de turistas no ano de 2017, segundo dados do governo local.

Foto via iStock por Im Yeongsik

Foto via iStock por Im Yeongsik

Além de poder conhecer diferentes casinhas, o turista pode até mesmo se hospedar nela. As hanok possuem duas seções, uma feminina, aanchae e outra masculina, a sarangchae, pois homens e mulheres precisavam morar separados. Hoje, modernas e totalmente equipadas com ar-condicionado, banheiros anexos, televisões, geladeiras e claro, podem ser divididas por um casal. Além disso, o ‘ondol’, antigo sistema de aquecimento de piso secundário, garante que o piso seja aquecido 24 horas todos os dias.

Foto via iStock por ake1150sb

Foto via iStock por ake1150sb

Jeonju guarda um charme único e enorme valor histórico, então nada melhor do que estar vestido a caráter para conhecer o lugar, certo? O “hanbok”, vestimenta típica, é indispensável e faz parte de uma autêntica experiência na Coréia do Sul. Alugue um e tire muitas fotos!

Foto via iStock por sveta_zarzamora

Foto via iStock por sveta_zarzamora

A gastronomia local merece destaque à parte. Jeonju é o berço do bibimbap, um dos clássicos da culinária sul coreana, que consiste em arroz, vegetais, carne, molho de pimenta e uma geminha de ovo no meio do prato. O makgeolli também é indispensável. A bebida alcoólica tradicional de Jeonju foi carinhosamente apelidada de ‘moju’, em sentido literal significa “cuidados de mãe”, e é feita a partir de gengibre, jujuba, canela e ginseng vermelho.

Mais Informações: www.tour.jeonju.go.kr

Texto por Carolina Berlato

Imagem Destacada via iStock por Busan Drone

Comentários