logo

Telefone: (11) 3024-9500

Da Nang: praias, montanhas de mármore e ponte do Dragão são atrativos no Vietnã | Qual Viagem Logo

Foto por IStock/ CJ_Romas

Da Nang: praias, montanhas de mármore e ponte do Dragão são atrativos no Vietnã

3 de junho de 2019

Considerada a terceira maior cidade do Vietnã, Da Nang, situada na região central do país, já é um destino bastante procurado graças aos seus 30 quilômetros de litoral. Porém, além de belas praias, o lugar oferece ainda atrativos histórico-culturais e uma deliciosa gastronomia. São montanhas de mármore, cavernas de pedra calcária, pontes exóticas e santuários que chamam a atenção de seus visitantes.

Para começar um roteiro pela cidade, vale a pena visitar seu maior destaque: a costa. Entre as praias de destaque estão a Long Co Beach, China Beach e My Khe, todas com águas cristalinas e palmeiras que compõem a paisagem.

Foto por IStock/ PhongTranVN

Foto por IStock/ PhongTranVN

Ainda entre os atrativos naturais, as montanhas de mármore são um grande chamariz. Antigamente eram inúmeras as formações rochosas, mas hoje, restam cinco delas que abrigam cavernas, tuneis e santuários, além de representarem um dos elementos naturais.

Thuỷ Sơn é a maior delas e também mais visitada. Para chegar até seu topo e apreciar as incríveis vistas é preciso encarar os muitos degraus da escadaria de pedra ou, pagando uma pequena taxa, pegar um elevador.

Foto por IStock/ saiko3p

Foto por IStock/ saiko3p

Nos arredores das montanhas formou-se uma pequena vila com artesãos especializados no material. Apesar de hoje, por conta da preservação, não ser liberada a extração do mármore, eles continuam produzindo peças e esculturas com a pedra vinda da China, a fim de manter viva a cultura local.

Foto por IStock/ RomanBabakin

Foto por IStock/ RomanBabakin

Por ser uma cidade portuária, Da Nang teve grande relevância durante a Guerra do Vietnã e essa história está marcada, até os dias atuais, em suas inúmeras ruínas. Além dos vestígios encontrados nas próprias montanhas, vale a pena conhecer, por exemplo, o Santuário My Son, que fica dentro do sitio arqueológico de mesmo nome.

Outra parada obrigatória no destino é a gigante Lady Buddha. Situada em no colorido Linh Ung Pagoda, com esculturas de mármore espalhadas pelo jardim, a obra de mais de 60 metros de altura – o equivalente a um prédio de 30 andares – domina a paisagem local. Dentro da estátua, uma escadaria sobe 17 andares, cada um representando um aspecto diferente do Buda.

Foto por IStock/ yongsuk son

Foto por IStock/ yongsuk son

E, juntamente com a escultura, uma ponte inusitada forma os principais cartões-postais do lugar. A Ponte do Dragão que atravessa o rio Han. Trata-se de um dragão dourado que passa por toda a extensão de mais de 600 metros e termina em uma cabeça que cospe fogo e água.

Foto por IStock/ Sean Kruger

Foto por IStock/ Sean Kruger

Além de exótica, a ponte é a principal ligação entre o Aeroporto e o centro urbano de Da Nang, portanto, é impossível não admirá-la.

Foto por Istock/ saiko3p

Foto por Istock/ saiko3p

A cidade abriga, ainda, um espaço que reúne obras religiosas do budismo e hinduísmo dos séculos 10 a 12. Trata-se do Museu de Esculturas Cham, que abriga importantes itens como as peças de arenito – estátuas de deuses e animais, pedestais e outros artigos decorativos retirados de templos Cham.

Ponte Dourada

Da Nang também pode servir como base para visitar uma das mais novas atrações turísticas do Vietnã: a Ponte Dourada. Situada a cerca de 20 quilômetros dali, a ponte vem chamando a atenção graças a sua estrutura; São enormes mãos a 1400 metros de altura sustentando o caminho que passa pelos arredores da floresta de Ba Na.

Foto por IStock/ wichianduangsri

Foto por IStock/ wichianduangsri

Com 150 metros de comprimento, a ponte faz parte de um complexo que conta, ainda, com um teleférico e uma vila medieval francesa com direito a castelo, catedral e museu de cera.

texto por: Eliria Buso

Foto destaque por IStock/ CJ_Romas

Comentários