logo

Telefone: (11) 3024-9500

5 templos para conhecer em Kyoto | Qual Viagem Logo

Foto por Istock/ SeanPavonePhoto

5 templos para conhecer em Kyoto

15 de dezembro de 2017

Kyoto, no Japão, é famosa por seus mais de 1600 templos. Considerados obras de arte, os lugares sagrados são visitados por milhares de turistas do mundo inteiro. Além da espiritualidade que transmitem, os templos são um passeio único para descobrir sobre a história e cultura da região. Sem contam o cenário que formam, se integrando à natureza ao seu redor. Um verdadeiro espetáculo!

Como são muitos, fica praticamente impossível visitar todos ou, ainda, selecionar os melhores templos. Cada um tem uma particularidade em sua arquitetura ou história, tornando-se especial. Para facilitar sua visita, selecionamos 5 dos mais conhecidos e visitados templos da cidade japonesa. Confira:

Kiyomizu-dera

Foto por IStock/ Jui-Chi Chan

Foto por IStock/ Jui-Chi Chan

A construção, que originalmente é de 798, mas sofreu alterações em 1663, é uma das mais visitadas da região. O lugar chama a atenção por vários motivos: o caminho, a vista que oferece da cidade e sua plataforma de madeira que se integra com a floresta ao redor.

Além disso, o emblemático templo, que é o mais visitado da cidade,  é conhecido por suas fontes de águas limpas,que completam a paisagem.

Tenryu-ji 

Foto por Istock/ nok6716

Foto por Istock/ nok6716

O templo Zen Tenryu-ji está entre os mais importantes de Kyoto e é principal da escola Rinzai. Com um belo jardim ao redor com as montanhas Arashiyama e Kameyama de fundo, o lugar foi construído em 1339, porém, foi destruído por um incêndio e reerguido em 1868.

Sua estrutura está instalada em cerca de 30 hectares, cerca de um décimo do que seria o tamanho original. No interior do templo, destaca-se a pintura de um dragão no teto, feita pelo artista japonês Kayama Matazo Kayama. Feita com a mesma técnica da Monalisa, de Da Vinci, o desenho parece acompanhar o visitante com os olhos, independente da direção.

Kinkaku-ji

Foto por Wikimedia/ David Monniaux

Foto por Wikimedia/ David Monniaux

Integrando a lista de patrimônios mundiais do Japão, o templo Kinkaku-ji é também conhecido como Templo do Pavilhão Dourado. E é exatamente sua cor que chama a atenção de longe. O lugar não está aberto à visitação, porém, é parada quase obrigatória para quem está fazendo a rota dos templos de Kyoto. Do três andares da construção que data de 1397, dois são folheados a ouro. Além disso, a arquitetura exibe uma imponente estátua da Fênix ao topo.

Do outro lado do lago, os turistas podem se encantar com seus detalhes externos e fotografar seu reflexo nas águas. Uma bela recordação.

Ryoan-ji

Foto por Istock/ coward_lion

Foto por Istock/ coward_lion

Esse patrimônio cultural da humanidade é famoso, principalmente, por seu jardim, já que boa parte de sua construção também foi destruída por um incêndio. Os chamados karesansui, ou jardins de pedra, foram construídos em 1450 e têm 25m de largura e 10m de comprimento, sendo pavimentados com areia branca e com 15 pedras dispostas em grupos de 7, 5 e 3.

 

Otagi Nenbutsu-ji

Foto por Istock/ nyiragongo

Foto por Istock/ nyiragongo

O templo de Otagi Nenbutsu-ji é curioso e diferente dos outros. Intitulado “templo das 1200 estátuas”, possui esculturas distintas que representam os discípulos de Buda. Com caras misteriosas, divertidas e bizarras, caminhar pelo local sagrado é um passeio imperdível. Para completar o roteiro por lá, visite também a torre com seus 3 sinos banhados à ouro!

 

Texto por: Eliria Buso

Foto destaque por Istock/ SeanPavonePhoto

Comentários